Gastos de turistas na Rússia devem subir 7% em 2018

Publicado em 09/07/2018

Uma pesquisa divulgada no dia 6 de julho, pelo World Travel & Tourism Council (WTTC) revelou um dos impactos que a Copa do Mundo deve surtir no Turismo da Rússia em 2018: a previsão é que os gastos de visitantes internacionais no país cresçam 7% neste ano.

A menos de uma semana para a final do campeonato, a Rússia já recebeu cerca de um milhão de torcedores nas 11 cidades em que acontece o torneio. Durante o período de 4 de junho a 15 de julho de 2018, os dados produzidos pela Forward Keys mostraram um aumento de 50,5% das reservas internacionais para o país em uma comparação ano a ano.

De acordo com a entidade, porém, por mais que boa parte disso se deva a Copa do Mundo, o evento esportivo global "destaca o potencial do setor de viagens e turismo da Rússia".

Dados produzidos pelo WTTC, em conjunto com a Oxford Economics, mostraram que as receitas com viagens em Moscou devem crescer a um ritmo médio de 6,6% ao ano até 2026, enquanto os gastos de estrangeiros devem subir 9,6% anualmente na próxima década - a cidade é responsável por um quarto da receita turística da Rússia.

Já tratando de números passados, a entidade ressaltou que o setor de Viagens e Turismo cresceu 3,2% em 2017, mais que o aumento de 2,2% na economia russa em geral. Hoje, a Rússia é a 16ª maior economia de viagens do mundo, equivalente a US$ 76 bilhões e representando 4,8% de seu PIB.

"A realização desta Copa do Mundo deu à Rússia a oportunidade de mostrar cidades de todo o país e reunir milhões de viajantes, contribuindo para o crescimento econômico do setor e criando empregos”, concluiu a presidente e CEO do WTTC, Gloria Guevara, ressaltando que em 2017 o segmento representava 3,3 milhões de empregos no país, número que deve subir para 3,8 milhões até 2028.

Fonte: Panrotas

© Copyright Em Foco Turismo. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por SITEFOX